fbpx

NFS-e e o Siscoserv: afinal, quando serão integrados?

Por Márcia Mendes Dia sim, outro também, perguntam-me se as promessas/avisos que a Receita Federal vêm fazendo desde setembro de 2018 passarão a valer e, se sim, a partir de quando. Costumo brincar dizendo que esta pergunta vale USD 500.000 e a resposta, USD 1.000.000. Certo é que, ao longo de décadas, corrijam-me se estiver errada, nenhum ou quase nenhum “projeto” no qual a Receita Federal estivesse envolvida foi descartado, pura e simplesmente.  Há os que preferem acreditar que o SISCOSERV vai acabar. Estão errados? De certa forma, NÃO. A se cumprirem as falas da Receita Federal, ao que tudo indica, o sistema SISCOSERV, sim, deixará de existir. Mas, a obrigação acessória que – não nos esqueçamos - nasceu da cooperação técnica entre o MDIC e SERVIÇOS, RECEITA FEDERAL e BANCO CENTRAL, NÃO: apenas sofrerá alterações no formato para o seu efetivo cumprimento. Vale dizer que, de acordo com os projetos-pilotos já implantados em algumas capitais do país, as informações de interesse do Siscoserv serão inseridas no novo lay-out da nota fiscal eletrônica de serviços, sem as quais a nota fiscal simplesmente não será finalizada com sucesso. E mais: além da emissão de nota fiscal de VENDA de serviços, a partir das alterações que estão sendo anunciadas, haverá a obrigatoriedade de…

Continuar lendo

Quarentena aumenta demanda do Microsoft Azure em 775%

Com o decreto da quarentena em vários países, a fim de frear a pandemia do novo coronavírus, a Microsoft registrou o aumento de até 775% na demanda de uso do Azure, sua plataforma de serviços em nuvem, nas regiões onde o isolamento social e o trabalho à distância são mais intensos, incluindo o norte e o oeste da Europa, o sul do Reino Unido, o centro da França, o leste da Ásia, e as regiões sul da Índia e do Brasil. 44 milhões de usuários do Teams por dia A alta na demanda pelos serviços em nuvem foi provocada pelo aumento, principalmente, do número de usuários do Microsoft Teams. Por dia, a companhia tem registrado até 44 milhões de usuários simultâneos no app, que geraram mais de 900 milhões de minutos de reuniões e ligações em uma única semana. Além disso, o uso da área de trabalho virtual cresceu três vezes, enquanto o uso público do Power BI, para o compartilhamento de painéis informativos sobre a covid-19 com os cidadãos, cresceu 42% em uma semana. Sobrecarregada, a Microsoft disse que está trabalhando em soluções para manter seus serviços em nuvem funcionando, minimizando o impacto para seus clientes. Entre as medidas, está o…

Continuar lendo

Declaração de Imposto de Renda: como uma consultoria tributária pode te ajudar?

A MDMCONTÁBIL atende pessoas físicas de todo Brasil e pode ajudar de forma totalmente online, e acompanhamento atento até o processamento definitivo pela Receita Federal do Brasil. Conta com equipe capacitada para atender brasileiros e estrangeiros que residem no Brasil. Todas as declarações são elaboradas com apoio de softwares que permitem análises prévias de valores a restituir ou a pagar e indicam caminhos para aumentar as restituições de forma legal no próximo ano. Isso ajuda à garantira a confidencialidade, o planejamento e as análises prévias dos contribuintes do IR e seus dependentes, por meio de cenários. Com isso, após tratativas iniciais sobre forma de atendimento e valores dos honorários, é possível receber a documentação de suporte, elaborar e enviar a declaração de ajuste anual e outros serviços atrelados a ela como: 1.Parcelar o IR a pagar, se for o caso (serviço incluído no processo de elaboração da declaração de ajuste anual de IR); 2.Orientar no cálculo de recolhimento mensal obrigatório ("carnê-leão"), anterior ou ao envio da declaração (serviço contratado à parte); 3.Cálculo de imposto sobre Ganho de Capital e Ganho Líquido em renda variável (serviço contratado à parte); 4.Elaborar Declaração Final de Espólio, se for necessária (serviço contratado à parte);…

Continuar lendo

Home Office requer alterações nas apólices de seguros

Por Aparecido Rocha O avanço da pandemia de coronavírus (Covid-19) alterou a rotina de trabalho em todas as partes do mundo e causa muita apreensão. No Brasil, além dos órgãos públicos, as empresas estão se ajustando à realidade do avanço da doença e implantando planos de contingência para abrandar os riscos de contaminação em suas operações, e dentro desses planos, está o trabalho remoto conhecido como “Home Office”. Home Office é uma expressão inglesa que significa “escritório em casa”, na tradução literal para a língua portuguesa. Também conhecido pela sigla SOHO (Small Office and Home Office), este método de trabalho é normalmente utilizado por trabalhadores independentes, também conhecidos por freelancers. Algumas empresas possuem este sistema de trabalho quando os funcionários não precisam ou não podem trabalhar no escritório. Diante da potencialidade de contaminação pela propagação do coronavírus, o home office se tornou uma medida preventiva que visa priorizar a saúde e a segurança das pessoas. A maioria das empresas está implantando o sistema de trabalho em casa, e essa mudança de comportamento exige atenção na avaliação dos seguros contratados pelas empresas. Requer atenção especial nos seguros de responsabilidade civil do empregador e nos seguros empresariais. O seguro de responsabilidade civil do empregador, de forma…

Continuar lendo

Coronavírus e os impactos na economia global

Por Fábio Santos Introdução Em 2002, quando as fábricas chinesas produziam principalmente produtos de baixo custo para o mundo, como camisetas e tênis, um vírus letal, conhecido como SARS, surgiu neste país. Agora, mais de 17 anos depois, outro vírus mortal, Coronavírus, está se espalhando rapidamente pelo país mais populoso do mundo. Ocorre que agora China evoluiu para ser um grande player da economia global, fazendo com que a atual surto seja uma ameaça substancialmente pior do que a anterior. O SARS surgiu pela primeira vez na província chinesa de Guangdong antes de se espalhar para outros países. O vírus matou cerca de 800 pessoas em todo o mundo e reduziu de 0,5 a 1 ponto percentual o crescimento da China em 2003. O coronavírus O atual Coronavírus, originado na cidade de Wuhan, atingiu a China em um momento em que sua economia cresceu e estabeleceu maiores conexões com o mundo, o que é mais temeroso para a economia global do que foram os efeitos do SARS em 2003. Trata-se de uma espécie de vírus que geralmente se espalha entre diferentes espécies de animais. As origens do coronavírus são semelhantes ao MERS e ao SARS. Como os outros vírus, essa nova cepa teve…

Continuar lendo

Importação: Relevância Econômica e os Falsos Mitos

No início do ano, durante o Fórum Econômico Mundial, o Ministro da Economia indicou que o Governo Brasileiro internacionalizará as suas compras na busca por eficiência. Na semana passada, o mesmo Ministro da Economia opinou publicamente que uma taxa de câmbio elevada, portanto acima do equilíbrio econômico, era “boa para todo mundo”. As mensagens indicam um paradoxo de percepção econômica: (i) a inserção do Brasil (e das empresas brasileiras) às compras internacionais como política de desenvolvimento econômico, indicando a correção de um erro histórico, aquele no qual o Brasil mergulhou julgando que o comércio internacional deveria ser uma via de mão única; (ii) a manutenção da velha prática de desvalorização cambial para obtenção de ganhos artificiais e pontuais, em detrimento ao conjunto dos agentes produtivos e econômicos no longo prazo. Afinal, o que é bom para o Brasil? É evidente, para não dizer urgente, que as empresas nacionais devem sempre buscar aumentar os seus mercados pelas vendas ao exterior, não se limitando aos consumidores brasileiros. Disso, tanto o Governo, como o setor privado e a sociedade civil não duvidam! Mas este objetivo deve ser perseguido através de inovação e eficiência, não de taxa cambial elevada. Isso porque a taxa de…

Continuar lendo
×

Carrinho

preloader