fbpx

Entrevista: Perguntas e respostas sobre Demurrage

- O que é Demurrage? Temos no sistema jurídico nacional alguma regra ou lei sobre o tema? Demurrage, expressão consagrada para sobre - estadia no ramo do comércio internacional. É preciso que se tenha em mente que sobre estadia de container não possui o mesmo objeto que a sobre estadia de navio. A Demurrage, que possui sua origem da palavra demur, cujo significado é retardar, demorar, tardar, decorre da prorrogação da carga ou descarga do navio além do prazo acordado em contrato. Assim, pode-se dizer que é uma indenização paga pelo afretador do navio ao armador pelo tempo que exceder as operações de carga e descarga, conforme a carta de partida. Já a sobre-estadia de container, esse valor é pago ao transportador com o objetivo de repor as perdas oriundas da devida retenção de seu equipamento. No sistema nacional temos a legislação civil e comercial que rege o tema, embora suscite ambas alguns questionamentos e dúvidas sobre a aplicabilidade em cada um dos objetos de sobre estadia se de contêiner ou de navio. - O que decidiu a Receita Federal do Brasil sobre a demurrage? Recentemente a Receita Federal, através da solução de consulta nº 108 da Cosit entendeu que:…

Continuar lendo

Como identificar o melhor mercado na hora de exportar?

Existem no mundo mais de 200 países para os quais, em princípio, podemos exportar. Como escolher entre tantos o mercado de exportação? O ideal seria utilizar as informações, entre outras, dos bancos de dados de fontes como Comex Brasil, Intracen, Trade Map, Global Ledge, Com Trade, para:Conhecer a estrutura do mercado mundial para seu próprio produto.Analisar tendências do mercado mundial.Saber mais sobre países importadores e sua participação no comércio mundial do produto em específico.Conhecer as barreiras ao comércio internacional.Identificar um grupo de países “candidatos”.Estudar a fundo alguns poucos mercados.É você que exporta ou são eles que compram de você?Muitas vezes, não se faz nenhuma escolha: a empresa apresenta uma atitude reativa, atendendo a solicitações de importadores: elabora ofertas para quem envia solicitação não importando o pais, a confiabilidade do potencial importador e principalmente a continuidade na exportação para um determinado solicitante de oferta. Nesse caso não é a empresa que exporta, e sim o importador que compra dela! O que pode ocorrer, o que é um risco, é a empresa não dar muita importância a mercados potencialmente interessantes, apenas pelo fato de não ter recebido nenhuma solicitação.Outro risco é começar a atuar de forma inadequada em áreas de interesse de…

Continuar lendo

Atualizações sobre o CCT – Controle de Carga e Trânsito

O CCT – Controle de Carga e Trânsito irá atender todos os modais de transporte seguindo os padrões dos Incoterms (que também passarão por atualização em 2020). O sistema traz tecnologias modernas que prometem diminuir consideravelmente o tempo dos processos aduaneiros para liberação de carga. O disponibilização desse módulo que irá substituir o Mantra, será feita de forma gradativa e a primeira fase será para o modal aéreo. As companhias aéreas irão disponibilizar, por meio de API (Application Programming Interface), no CCT as informações pertinentes aos vôos e cargas. A meta de melhoria para o modal aéreo na importação, é diminuir em 80% o tempo médio de liberação de cargas e 90% das intervenções manuais que acontecem hoje em dia. Tanto os importadores que usam o Mantra, como as empresas aéreas terão que fazer adaptações em seus sistemas e fluxo de trabalho. Em 2020 o Mantra será desativado de forma gradativa. Reduzir a burocracia na movimentação e trânsito de cargas será um passo importante para o comércio exterior brasileiro que a muitos anos vem funcionando de forma ineficiente.   Sobre a autora: Prof.ª Jaqueline Rolim - Bacharel em Administração de Empresas com Habilitação em Comércio Exterior, especializada em Regimes Aduaneiros…

Continuar lendo

Cursos EAD começam a ser bem vistos por boas instituições e mercado de trabalho

Você precisa dar aquela turbinada no currículo, mas trabalha muito e tem pouco tempo… Esse roteiro é conhecido. Continuar a se qualificar é realmente importante. A boa notícia é que cada vez mais instituições reconhecidas aumentam a oferta de cursos na modalidade EAD (Educação a Distância) e o melhor, diferente do que muitos ainda avaliam, o mercado vê com bons olhos certificados dessa categoria. É o que diz a headhunter e consultora especializada em recrutamento Luciana Tegon. Ela explica que o mercado entende as dificuldades de deslocamento e a falta de tempo de quem já trabalha e, por isso, valoriza profissionais que tenham uma graduação, uma pós ou especialização feita a distância. Além disso, de olho na economia e na flexibilidade de horário, um número crescente estudantes opta por se preparar para os vestibulares de modo online. Como exemplo dessa tendência no país, uma pesquisa realizada pelo Censo da Educação Superior, divulgada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), revelou que as matrículas de Educação a Distância aumentaram 17,6%, no último ano, e a quantidade de estudantes da modalidade atingiu 1,8 milhão. “O Enem e os vestibulares atualmente estão ficando mais concorridos, e muitos alunos necessitam…

Continuar lendo
×

Carrinho

preloader