fbpx

Planejar ou Aproveitar? Entenda como usar melhor o seu DINHEIRO!

O ano terminou e você ainda está gastando mais do que ganha? Não está sobrando dinheiro para investir? Pois é, saiba que você certamente não está sozinho…

Ter uma vida financeira saudável é tão importante quanto manter a sua própria saúde em dia, porém, infelizmente grande parte de nossa população ainda não entendeu a importância de ter as contas em dia e ainda guardar uma pequena parte do salário pensando no seu futuro.

E por incrível que pareça, é extremamente fácil criar uma reserva de dinheiro, você certamente não precisa de 100% da sua renda para sobreviver. Porém, nossa cultura não nos ensinou a poupar, ainda é muito forte a crença de que, “não posso levar dinheiro para o caixão, então vou gastar tudo”. Pois bem, não é assim que as coisas funcionam.

Com a evolução da tecnologia e como vivemos em um mundo cada vez mais globalizado, nossa qualidade de vida melhorou, nossa expectativa de vida aumentou. Há milhares de pessoas que saíram da zona de extrema pobreza e a linha imaginária que divide as classes sociais começou a ficar mais borrada.

Hoje as pessoas têm mais dinheiro, e elas não estão acostumadas a isso. E o medo de não ter dinheiro novamente as faz tentar “aproveitar” ao máximo enquanto podem. Porém, precisamos pensar em nosso futuro…

É comum pensar que o ato de guardar dinheiro e, principalmente, o de investir dinheiro é algo reservado aos mais ricos. Pelo contrário, estamos passando por um momento de democratização da Educação Financeira no Brasil e você também pode fazer parte desse processo.

Aqui há dois caminhos principais que você pode escolher trilhar: contratar um planejador/ consultor financeiro para te auxiliar ou simplesmente fazer você mesmo.

Caso opte pela segunda opção, comece anotando em um papel ou em uma planilha todos as suas despesas e também as suas fontes de renda, ou melhor dizendo, tudo que entra e tudo que sai de dinheiro.

Uma vez que tiver isso anotado, comece analisando que despesas são indispensáveis e marque aquelas que você não precisa tanto assim.

O segredo aqui é achar uma forma de fazer com que seus gastos fixos se limitem a algo entre 50-70% de sua renda mensal. Então, separe pelo menos um décimo (10%) de tudo que ganhar para poupar para o futuro (é isso que vai te fazer ir, aos poucos, melhorando sua qualidade de vida), e estude maneiras de investir esses recursos para fazer com que eles trabalhem para você (não há empregado melhor do que o dinheiro!). O restante você pode gastar como bem entender, é a parte reservada para você aproveitar os prazeres que a vida nos oferece (mas sem exagerar em!)

Se conseguir fazer isso todos os meses, com consistência e sem falhar, eu tenho certeza que daqui a alguns anos poderá olhar para trás e se orgulhar do patrimônio que construiu, pois ele vai te proporcionar ter uma vida muito mais confortável do que você imagina!

Gustavo Teixeira

DICA curso EaD – https://canal-aduaneiro.eadbox.com/courses/investimento-para-iniciantes

Deixe uma resposta

×

Carrinho

preloader